Notícias

Psiquiatra Carlos Braz Saraiva apresenta primeiro livro de poesia

Psiquiatra Carlos Braz Saraiva apresenta primeiro livro de poesia

A Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM) promoveu, no dia 2 de Abril, pelas 17h00, a sessão de apresentação do livro “Vadiagens do Colibri”, novo livro do médico psiquiatra Carlos Braz Saraiva.

A iniciativa contou as seguintes intervenções do Prof. Doutor José Luís Pio Abreu, Presidente do Conselho Sub-regional de Coimbra da Ordem dos Médicos, Doutor Paulo Archer, Investigador, coordenador da Terceiro Milénio Poesia e apresentador da obra,  do autor Prof. Doutor Carlos Braz Saraiva, Médico especialista em Psiquiatria, de Américo Brás Saraiva, ilustrador da obra e de Rui Damasceno, Editor da obra. Para Pio Abreu, os médicos têm, porventura, mais necessidade de escrever pois estão próximos dos dramas de cada um, situações até em que “a realidade é pior do que a ficção”.

Na sessão que lotou a Sala Miguel Torga mesmo com as precauções devidas à COVID-19, houve ainda um momento  musical com os intérpretes de Flauta Transversal, Meglena Kirova e Carlos Saraiva. O evento contou ainda com a declamação de poemas a cargo de Rui Damasceno e do Grupo das Oficinas de Poesia (Condeixa, coordenação de Paulo Archer): Albertina Pimentel, Helena Araújo, Anit e Manuela de Brito.

Esta criação poética integra a coleção Terceiro Milénio Poesia. O autor assumiu que tirou estes escritos da gaveta após os estímulos que foi recebendo na rede social Facebook. E relatou o facto deste livro ir rebuscar memórias desde a infância. Após essa retrospetiva, Braz Saraiva disse que a Medicina e a Psiquiatria “foram as acendalhas da lareira criadora”. Por fim, o também autor de “Turbulências” e “Janela d ‘ Almas” notou que o “colibri somos todos nós à procura de respostas para as milhentas perguntas transtornadoras”.

A iniciativa decorreu na sede da SRCOM e contou também com transmissão online, através da plataforma digital Zoom e na página de Facebook da SRCOM.

Poderá assistir à transmissão aqui

Partilhe nas redes:

Ordem dos Médicos