Ordem dos Médicos do Centro destaca “notável resposta” do Hospital de Ovar em período de crise sanitária

Ordem dos Médicos do Centro destaca “notável resposta” do Hospital de Ovar em período de crise sanitária

A Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM), após visita ao Hospital Dr. Francisco Zagalo, em Ovar, destaca o trabalho desta instituição perante os desafios que enfrentou devido à pandemia COVID-19. “É um hospital que deu uma resposta notável. Estamos a falar de um hospital de proximidade, que está atento às necessidades da população – tentando dar as melhores respostas que tem crescido em termos de dimensão, modernização e diferenciação”, destacou o presidente da SRCOM.

Após a visita, no âmbito da qual foi recebido pelo diretor clínico, Rui Lopes Dias, e pela enfermeira diretora, Mariana Fragateiro, o presidente da SRCOM expressou a importância desta unidade hospitalar numa fase especialmente complexa.

“Deu uma grande resposta no combate à pandemia causada pelo SARS-CoV-2”, uma vez que teve “grande capacidade de adaptação àquelas que são as necessidades da área de influência, apesar do esforço notável, trabalharam por uma causa que é salvar e melhorar a vida das pessoas”, assinalou Carlos Cortes.

Um ano depois do concelho Ovar estar sob cerca sanitária, o presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos quis destacar o trabalho, o empenho e a capacidade de adaptação desta unidade a uma adversidade sanitária sem precedentes.

“O Hospital Dr. Francisco Zagalo deu um inestimável contributo para a resposta assistencial e foi um exemplo para o País, na medida das suas atribuições e capacidade de resposta”, destaca Carlos Cortes, que destacou ainda o “trabalho exemplar” da autarquia na resposta aos problemas das populações neste contexto de pandemia.

Conclui Carlos Cortes: “Ovar é um exemplo de capacidade de resposta, de gestão da crise sanitária, da interligação entre entidades e da capacidade de enfrentar a situação pandémica”.

A SRCOM prosseguirá as visitas às unidades de saúde da região para avaliar a abordagem, as respostas e as medidas excecionais implementadas face à pandemia.

Partilhe nas redes:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Ordem dos Médicos