COVID-19 | Ordem dos Médicos visita Hospital CUF Viseu

COVID-19 | Ordem dos Médicos visita Hospital CUF Viseu

"Houve um momento em que as pessoas tinham de estar confinadas e resguardadas, apesar de terem sempre a possibilidade de se dirigirem aos hospitais, públicos e privados, e agora na retoma os doentes devem voltar às suas consultas e aos seus tratamentos, para resolver os seus problemas de saúde, pelo que os utentes do Hospital CUF Saúde podem continuar a ir com regularidade e com tranquilidade a esta unidade de saúde". Em declarações à imprensa, o presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos, Carlos Cortes, deixa a garantia de resposta de qualidade no final da visita que efetuou a esta unidade do Grupo José de Mello Saúde, durante a tarde do dia 25 de maio de 2020.

Em contexto de resposta à doença Covid-19, Carlos Cortes destaca o facto desta unidade não ter suspendido a atividade durante a fase mais crítica da pandemia em Portugal, mantendo, aliás, "áreas fundamentais de apoio à população como a área oncológica", por exemplo. Esta unidade, que diminuiu a circulação de pessoas (visitas e acompanhantes) para reforçar a proteção dos doentes e dos profissionais de saúde, encontrou sempre medidas alterativas de acompanhamento para salvaguardar as exceções em situações de dependências, deficiência e/ou saúde frágil.

À data da visita que contou com também com a participação de Paulo Batista, médico do Hospital CUF e membro da Assembleia de Representantes da Ordem dos Médicos, era já visível a retoma de forma gradual de maior atividade assistencial, com as necessárias medidas de segurança, desde logo no circuito de entrada e saída de clientes e profissionais. O Hospital CUF Viseu criou 2 circuitos (Covid e não Covid), no âmbito da prevenção e controlo da infeção por SARS-CoV-2, destacando Carlos Cortes o cuidado desta instituição em testar os doentes.
A comitiva foi recebida pelo diretor do Hospital CUF Viseu, Bruno Andrade, e pelo diretor clínico, Eduardo Mendes, bem como pela enfermeira-chefe Natasha Pedro. Numa reunião de trabalho foram avaliadas, em conjunto, a abordagem, as respostas e as medidas excecionais implementadas face à doença Covid-19.

"Houve aqui um contributo positivo deste hospital para apoiar os doentes desta região", acentuou Carlos Cortes. Entretanto, em declarações recolhidas pelo jornalista José Fonseca do Diário de Viseu, Paulo Batista explicou ainda que ali foram registados, até ao momento, cinco casos positivos em doentes, assintomáticos, a quem foram adiados os tratamentos. Após vigilância e testes negativos, já todos efetuaram tratamento de Hospital Dia e as respetivas cirurgias.

Inaugurado no atual edifício a 29 de novembro de 2016, tal como atesta a placa descerrada nessa data, o Hospital CUF Viseu foi a primeira unidade do grupo José de Mello Saúde a chegar à região Centro (no total, em Portugal, o grupo detém 18 unidades de saúde (hospitais, clínicas) e 1 parceria com o setor público.

A Ordem dos Médicos tem vindo a verificar a excelência da resposta e a aposta nos procedimentos adequados para tratar os doentes com COVID-19 nas unidades de saúde da Região Centro. Neste périplo iniciado este mês, esta foi a primeira visita a um hospital privado. Recorde-se que, com o intuito de avaliar como se organizaram todas as unidades de saúde desta região e como encontraram as melhores soluções face a esta emergência epidemiológica, a Ordem dos Médicos do Centro já esteve no Hospital Distrital da Figueira da Foz (11 maio), no Centro de Medicina de Reabilitação da Região Centro-Rovisco Pais, na Tocha (13 de maio) e no Hospital Sousa Martins, na Guarda (21 de maio), tendo o presidente da SRCOM efetuado declarações aos jornalistas no final de cada visita.

©Texto e fotos – Paula Carmo

 

Partilhe nas redes:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Ordem dos Médicos