Eleições para Colégios | 96% dos votantes aderiram ao voto eletrónico

Eleições para Colégios | 96% dos votantes aderiram ao voto eletrónico

A Ordem dos Médicos (OM) estreou a 16 de novembro, o sistema de voto eletrónico nas eleições para os Colégios da especialidades, Competências, Secções de Subespecialidades e Conselho Nacional do Médico Interno. . Apenas quatro por cento dos votantes usaram a opção tradicional em papel. A modernização de procedimentos permite-nos maior agilidade e potencia a proximidade a todos os médicos, salienta o bastonário, Miguel Guimarães. Entre os mais de 6300 votantes, perto de 6100 médicos escolheram o sistema eletrónico e apenas 200 optaram por manter o voto em papel. .

A consulta eleitoral para os Colégios de Especialidade registou ainda maior adesão do que nas últimas eleições, realizadas em 2015.
O voto eletrónico mantém a garantia de segurança e confidencialidade do voto.
A Sala Miguel Torga da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos acolheu o núcleo duro desta pioneira votação.
"A Ordem dos Médicos deu um passo de gigante na modernização: o processo de votação eletrónica para as eleições dos Colégios de Especialidade resulta em menos burocracia, mais comodidade, mais eficiência e menos despesa", assumiu Carlos Cortes.

 

Partilhe nas redes:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Ordem dos Médicos