“Alexandrino”: Livro, objeto literário inclui conto e pinturas

“Alexandrino”: Livro, objeto literário inclui conto e pinturas

Um harmónio de pinturas com um conto ou um conto com ilustração? O mais recente livro editado pelo médico de família Carlos Maia Teixeira pode ser olhado nesses dois prismas. É um objeto literário, também no sentido literal.
Foi a um sábado à tarde e com a Sala Miguel Torga lotada que foi lançada a obra "Alexandrino" e apresentada a exposição coletiva de pintura 'construída' a partir deste conto. Vinte pinturas, vinte leituras do conto.
O presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos, Carlos Cortes, foi o anfitrião desta sessão que juntou colegas e amigos dos autores. "Este espaço é vosso. A sede da Ordem dos Médicos não é apenas dos médicos mas é de todos os que partilham os nossos princípios humanistas, de solidariedade para com os nossos doentes e a sociedade em geral. " acentuou, ao agradecer a todos os que participaram nesta organização. Carlos Cortes destacou ainda a beleza deste objeto literário criado pelo médico de família Carlos Maia Teixeira.
O livro e exposição foram organizados por Editorial Moura Pinto (associação sem fins lucrativos sediada em Coja /Arganil) e Atelier 26. Para além da intervenção do representante da Editorial Moura Pinto, António Augusto, coube à docente e artista plástica Adélia Fernandes fazer a apresentação do conto e ao ator José Queiroga fazer a leitura do mesmo. A exposição dos quadros ficou patente no Clube Médico, em Coimbra.

 

Partilhe nas redes:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Ordem dos Médicos