III Jornadas de Anestesiologia ao Centro: Carlos Cortes diz que humanização é o grande desafio da medicina moderna

III Jornadas de Anestesiologia ao Centro: Carlos Cortes diz que humanização é o grande desafio da medicina moderna

Entre os dias 5 e 6 de Maio de 2017 decorreram em Coimbra as III Jornadas de Anestesiologia ao Centro, subordinadas ao tema " Tecnologia em Anestesiologia". Ao intervir na sessão de abertura, o presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos, Carlos Cortes, colocou o acento tónico na 'humanização' que considera o "grande desafio da medicina moderna".
Citando a consideração que um colega escreveu recentemente num jornal vaticinando que muitos médicos iriam deixar de trabalhar face à crescente mecanização na profissão, Carlos Cortes contrapôs: "Quanto mais tecnologia na Saúde maior a necessidade de termos seres humanos. Ora, acentuou o presidente da SRCOM, "quem faz avançar a Ciência, são os homens e mulheres. Nunca nos podemos esquecer destes tempos em que existem muitas pressões para que nos esqueçamos dos contactos dos nosso doentes, pois o que interessa agora são os números".
Sustentando a enorme satisfação de ver o contributo dos profissionais dos hospitais da região Centro, juntos, nestas jornadas, e para demonstrar aquilo que melhor fazem ao serviço da Medicina, Carlos Cortes lamentou que o ministro da Saúde esteja a esquecer o enorme contributo dos profissionais da Medicina da região Centro para a qualidade da Saúde no nosso País. "Cada vez é mais difícil fazer Saúde na região Centro", lamentou. Recorde-se que este evento científico junta os Serviços de Anestesiologia do Centro Hospitalar do Baixo Vouga, Centro Hospitalar de Leiria, Centro Hospitalar Tondela-Viseu e o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

A médica Anestesiologista Lubélia Pegado, presidente destas jornadas, deu conta da realidade da região Centro no que toca aos recursos humanos desta especialidade médica: "é uma das zonas mais carenciadas do país, uma vez que o rácio é um dos mais baixos a nível nacional". Nesta sessão participaram também o presidente do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, Martins Nunes, e o presidente da Administração Regional do Centro, José Tereso, a presidente da Sociedade Portuguesa de Anestesiologia, Célia Borges.
Nestas jornadas dedicadas à tecnologia e nas quais participaram centenas de participantes dos quatro centros hospitalares, os temas em debate foram: Teleanestesia e Robótica; Tecnologia e Monitorização Hemodinâmica; Tecnologia e Neuromonitorização; O Anestesiologista e a Tecnologia; Simpósio.

 

Partilhe nas redes:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Ordem dos Médicos