Medalhas de mérito da Ordem dos Médicos: personalidades excecionais

Medalhas de mérito da Ordem dos Médicos: personalidades excecionais

A cerimónia de entrega das Medalhas de Mérito da Ordem dos Médicos culminou o segundo dia o 19º Congresso Nacional de Medicina e o 10º Congresso Nacional do Médico Interno, sob o lema da "Formação Médica", evento que decorreu na Sub Unidade 3 da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. Para cada distinção, foi preparado um vídeo no qual os responsáveis da Ordem dos Médicos explicavam sucintamente o percurso notável de cada homenageado.
Trata-se de uma distinção que é conferida a médicos que, pela sua atividade e mérito pessoal, profissional, académico ou associativo tenham contribuído de forma relevante para a dignificação da profissão médica, da Medicina em geral e da Humanidade, identificando-se assim com os valores desde sempre defendidos pela Ordem dos Médicos.
Este ano, e pela primeira vez, por proposta do presidente do Conselho Nacional da Ordem dos Médicos, José Manuel Silva, uma personalidade fora da área médica também receberá esta distinção: o jurista, escritor e político António Arnaut. No vídeo alusivo a António Arnaut, coube ao presidente do Conselho Nacional da Ordem dos Médicos definir o Serviço Nacional de Saúde como "a maior obra social do Portugal democrático". Serviço Nacional de Saúde que nasceu, precisamente, com a Lei 56/79, entre outros, com a intervenção do então ministro dos Assuntos Sociais, António Arnaut. No final da cerimónia, instado pelo jornalista Casimiro Simões da Agência Lusa, António Arnaut frisou que esta distinção "compromete a Ordem na defesa e no aprofundamento" do SNS.
Foram ainda distinguidos os seguintes médicos e professores de Medicina: Alexandre Sousa Pinto, António Madeira Ascenção, Carlos Mora Cardoso, Eduardo Leite Pacheco, Isabel pereira ramos, Isabel Jacob Carvalho, João Baptista Ganho, João Covas Lima (a título póstumo), José Medina Vieira, José Pires Teixeira, Luyis Mendonça Marrôco, Luís Belo de Barros, Maria Maciel Barbosa, Martim Abreu Diniz e Tice de Macedo.
Também galardoado foi o bastonário da Ordem dos Médicos de Espanha, Juan Rodriguez Sendín. Trata-se da primeira personalidade estrangeira a receber a medalha da Ordem dos Médicos.

Partilhe nas redes:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Ordem dos Médicos