Estudo Nacional ‘Burnout na Classe Médica’

Estudo Nacional ‘Burnout na Classe Médica’

Foram hoje apresentados os resultados do Estudo Nacional do Burnout na Classe Médica, levado a cabo pela Ordem dos Médicos, em colaboração com o Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa. 

De acordo com dados deste estudo, dois terços dos médicos em Portugal admitem estar em elevado estado de exaustão emocional, um dos indicadores relevantes associado ao stress profissional crónico.

Conforme consta no relatório, o qual poderá aceder através do link para o Portal da Ordem dos Médicos, a Ordem dos Médicos possui 49 152 médicos registados.

O universo deste estudo foi constituído por todos os médicos registados, com e-mails elegíveis e que estavam em exercício. Foram enviados 43 983 convites individuais de participação a médicos deste universo.

Link:   https://www.ordemdosmedicos.pt/?lop=conteudo&op=ed3d2c21991e3bef5e069713af9fa6ca&id=41071a1452b40720449779a233716395

 

 

Partilhe nas redes:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Ordem dos Médicos