Lançamento do livro “Saúde Mental das Pessoas Mais Velhas”

Lançamento do livro “Saúde Mental das Pessoas Mais Velhas”

O lançamento do livro "Saúde Mental das Pessoas Mais Velhas" decorreu no primeiro dia do XIV Curso Pós-Graduado sobre Envelhecimento – «Geriatria Prática», uma iniciativa promovida pela Unidade Curricular de Geriatria da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, sob a regência de Manuel Teixeira Veríssimo, e pelo Serviço de Medicina Interna A do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), dirigido por Armando Carvalho. A obra, com chancela da Lidel, resulta da coordenação de Horácio Firmino (Fundador da Unidade de Gerontopsiquiatria dos Hospitais da Universidade de Coimbra/CHUC), Mário R. Simões (Coordenador do Programa de Doutoramento em Neuropsicologia e da área de Psicogerontologia Clínica do Mestrado Integrado em Psicologia (FPCE-UC) e Joaquim Cerejeira (Coordenador da Unidade de Gerontopsiquiatria do Centro de Responsabilidade Integrada de Psiquiatria do CHUC).

Na sessão de lançamento que decorreu, dia 22, no auditório dos Hospitais da Universidade de Coimbra – Centro e Hospitalar e Universitário de Coimbra (HUC- CHUC) esteve presente o presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos, Carlos Cortes, que destacou o facto de Coimbra ser geradora e potenciadora de conhecimento científico também nesta área. "Coimbra é uma cidade que aposta muito nestas questões do envelhecimento e na sua interdisciplinaridade, temos de valorizar aquilo que fazemos", enfatizou. "É um sinal muito importante haver um consórcio em Coimbra – Ageing@Coimbra – que trata esta questão do envelhecimento saudável". Recorde-se que o Ageing@Coimbra é, aliás, um consórcio que visa a valorização do papel do idoso na sociedade e a aplicação de boas práticas em prol do seu bem-estar geral e de um envelhecimento ativo e saudável. Melhorar a vida dos idosos na Região Centro de Portugal é o denominador comum que atravessa diversas áreas, tais como: serviços sociais, cuidados de saúde, criação de produtos e serviços inovadores e o desenvolvimento de novos meios de diagnóstico e terapêuticas. Carlos Cortes deu ainda conta da iniciativa do Fórum Regional do Centro das Ordens Profissionais, que em 2014, debateu precisamente a questão do envelhecimento ativo e saudável. Rematou o médico patologista clínico, em forma de reconhecimento pelos colegas: "Muitas das pessoas, dentro da Ordem dos Médicos, que tratam da diferenciação desta área são de Coimbra".

Por seu turno, o especialista Horácio Firmino alertou para a necessidade de dar uma resposta, não apenas através de fármacos, no sentido de melhorar a saúde mental dos mais velhos. Nesta sua visão do problema, defendeu uma maior interdisciplinaridade, designadamente com o recurso a psicólogos e terapeutas ocupacionais. Em seu entender a resposta ainda é escassa no que toca a terapias direcionadas para os mais velhos. Daí que defenda uma maior integração dos serviços de saúde mental com os cuidados de saúde primários. 

Segundo a editora Lidel, no seu sítio da internet, esta obra assume especial pertinência uma vez que se espera, nas próximas décadas, fruto do envelhecimento da população, " um aumento de patologia psiquiátrica em pessoas mais velhas. Este facto, associado às doenças crónicas, à dependência física e à carência económica, terá um impacto direto e indireto ao nível dos serviços de saúde e na sociedade em geral". Acrescenta ainda a editora, na mesma fonte: "Este livro, Saúde Mental das Pessoas mais Velhas, fruto da colaboração entre médicos e psicólogos, pretende contribuir para a formação dos diferentes profissionais que têm de dar resposta às necessidades das pessoas mais velhas. Nas suas seis secções, procurou-se traçar um roteiro de questões que atravessam a aprendizagem e a intervenção nas problemáticas clínicas do envelhecimento: Psicologia do envelhecimento; Bases neuropsicológicas; Avaliação; Psicopatologia e perturbações cognitivas; Intervenções; Sociedade, direito e saúde. O livro é dirigido não só aos médicos de família, que são aqueles que têm de dar uma resposta mais próxima a esta população, aos psiquiatras e outros especialistas médicos, mas também aos psicólogos, psicogerontologistas, gerontologistas, enfermeiros, assistentes sociais e outros profissionais que se dedicam a melhorar a saúde e a qualidade de vida das pessoas mais velhas. Os estudantes destas diferentes áreas de formação são naturalmente os outros destinatários privilegiados desta obra".

O lançamento do livro decorreu no primeiro dia do XIV Curso Pós-Graduado sobre Envelhecimento – «Geriatria Prática», uma iniciativa promovida pela Unidade Curricular de Geriatria da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, sob a regência de Manuel Teixeira Veríssimo, e pelo Serviço de Medicina Interna A do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), dirigido por Armando Carvalho. Para além dos coordenadores, na mesa de apresentação da obra, marcaram presença: José Martins Nunes, presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra; José Tereso, presidente da Administração Regional de Saúde do Centro, António Gomes Ferreira, diretor da Faculdade de Psicologia da Universidade de Coimbra; Rita Annes, da editora Lidel.

 

Partilhe nas redes:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Ordem dos Médicos