Consultório do médico Adolfo Rocha em Arganil: afetividade e simbolismo

Consultório do médico Adolfo Rocha em Arganil: afetividade e simbolismo

Diário XVI, Miguel Torga:

 "Desfiz-me do consultório. Mil circunstâncias adversas conjugaram-se encarniçadamente nesse sentido. E adeus meu velho reduto, onde durante tantos anos lutei como homem, médico e poeta. Ofereci o material cirúrgico ao hospital da Misericórdia em que durante anos operei. (…)", Coimbra, 8 de junho de 1992.

Colocada numa das paredes do antigo hospital da Misericórdia de Arganil, esta passagem do Diário XVI explica, pois, o motivo pelo qual ali se encontra o consultório do médico Adolfo Rocha, que, ao longo de muitos anos, esteve ligado ao concelho de Arganil quer em termos pessoais quer profissionais.

Miguel Torga é, aliás, o Patrono da biblioteca municipal. A Biblioteca Miguel Torga, assim designada desde 2000, é a casa mãe da Rede de Bibliotecas do concelho de Arganil. Nos livros do escritor, podem ser encontradas inúmeras referências a localidades deste concelho do distrito de Coimbra, tais como o Piódão, Pombeiro da Beira, Barril do Alva, Coja. Indissociável desta ligação é a amizade que Adolfo Rocha mantinha com o médico Fernando Valle, figura proeminente de Arganil e do nosso País.

 

 

Partilhe nas redes:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Ordem dos Médicos