Simulacro no âmbito do treino “Emergency Challenge 2016” no Centro de Saúde Militar de Coimbra

Simulacro no âmbito do treino “Emergency Challenge 2016” no Centro de Saúde Militar de Coimbra

O presidente da SRCOM, Carlos Cortes, assistiu ao simulacro com rebentamentos reais controlados, munições de salva e manobras de carros de combate blindados e ambulâncias táticas, realizado no âmbito da Ação de treino "Emergency Challenge 2016", que decorreu no Centro de Saúde Militar de Coimbra.
Esta ação de formação prática contou com a participação de mais de quatro dezenas de intervenientes, maioritariamente da área da saúde, vindos de várias Unidades Militares pertencentes à Brigada de Intervenção, cujo comando se encontra sediado na cidade de Coimbra. De acordo com a informação prestada pelo CSMC, esta Ação de Treino, de periocidade anual, pretende ser o embrião de um exercício mais amplo, que junte outros agentes de proteção civil como o INEM, Bombeiros ou Cruz Vermelha, com vista a melhorar o socorro e proteção dos portugueses em casos de catástrofes naturais, atentados terroristas ou mesmo conflitos armados.
Momentos antes, o presidente da SRCOM, Carlos Cortes, e o diretor da Unidade de Gestão Intermédia da Urgência e Cuidados Intensivos, João Paulo Almeida e Sousa, visitaram os departamentos e as unidades funcionais do Centro de Saúde Militar. O diretor desta unidade de saúde, tenente-coronel médico Joaquim Dias Cardoso, fez a apresentação do Sistema de Saúde Militar, a resenha histórica e o enquadramento da missão desta importante unidade de saúde. A visão, os valores, os objetivos estratégicos, os recursos humanos e os recursos estruturais fizeram também parte da apresentação realizada pelo tenente-coronel médico Joaquim Dias Cardoso. Mas não só: os aspetos organizativos, os desafios do Departamento de Saúde Operacional, a formação e treino bem como a investigação foram outros temas abordados. Antes de realizar a resenha histórica, o diretor do Centro de Saúde Militar fez a contextualização desta unidade do Exército Português. São várias as missões: defesa militar da República e também a participação em missões de âmbito internacional (de Paz, de Segurança, de Cooperação Técnico-Militar e Humanitárias). No âmbito nacional, destacam-se o apoio à Autoridade Nacional de Proteção Civil e outras situações de crise. 

Partilhe nas redes:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Ordem dos Médicos