“O ideal humanista do médico também se transmite através da arte”

“O ideal humanista do médico também se transmite através da arte”

O Clube Médico de Coimbra acolhe, até dia 14 de junho, uma exposição coletiva de pintura de autores médicos. Na inauguração, momento de assinalável êxito e de reencontro de colegas, o presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM), Carlos Cortes, congratulou-se com a dimensão da resposta ao apelo da SRCOM para a realização desta mostra.
Nesta sessão inaugural, Carlos Cortes lembrou o facto de S. Lucas ser o santo padroeiro dos médicos e simultaneamente dos pintores. "Não é por acaso que dizem que a Medicina é uma arte", assinalou. A propósito da exposição, que reúne trabalhos de diferentes técnicas e temáticas, Carlos Cortes sublinhou a importância de "linguagens diferentes" e de "diferentes plataformas" para transmitir a mensagem da Ordem dos Médicos, não apenas do ponto de vista institucional. "O ideal humanista do médico, o ideal da entrega de si próprio à causa dos outros, também se transmite através da arte. Hoje os artistas procuram a Ordem para vir expôr. Esta é a casa daqueles que tem uma causa: a causa humanista que todos pomos em prática no dia-a-dia, que é ajudar os doentes", sublinhou.
O repto e o desafio para que os autores médicos possam expor os seus trabalhos em próximas iniciativas ganhou fôlego com a sugestão da médica ginecologista/obstetra Ana Couceiro – uma das dinamizadoras desta exposição coletiva- em assinalar o Dia do Médico Artista. E, no momento em que Carlos Cortes, materializou esta ideia na sua intervenção, logo surgiram propostas para que fosse celebrado a a 18 de outubro, precisamente o Dia de S. Lucas.

 

Partilhe nas redes:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Ordem dos Médicos