Visita ao Serviço de Medicina Interna A: Intensa atividade assistencial, científica e formação graduada

Visita ao Serviço de Medicina Interna A: Intensa atividade assistencial, científica e formação graduada

O Presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos visita o Serviço de Medicina A do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra atualmente dirigido pelo Professor Doutor Armando de Carvalho.
Nesta visita, onde se discutiram os problemas e desafios do serviço, Carlos Cortes inteirou-se ainda da história da Medicina Interna nos Hospitais da Universidade de Coimbra bem como da atividade do atual Serviço, numa reunião na qual participaram os novos internos deste serviço.
O serviço de Medicina Interna A, atualmente assim designado, remonta a 1974. À época, o organigrama era constituído pela Medicina I, dirigido pela Professora Maria Helena Saldanha (Nutrição Clínica), pela Medicina II, dirigido pelo Professor Polybio Serra e Silva (Aterosclerose, Lipidologia), Medicina III, dirigido pelo Professor Armando Porto (Reumatologia, Hepatologia, Oncologia). Em setembro de 1986, além dos anteriores diretores, há a acrescentar a direção do Professor José Alves Moura no serviço de Medicina II e do Professor Nascimento Costa no Serviço de Medicina III. Em outubro de 2004, surge o Departamento de Medicina dos Hospitais da Universidade de Coimbra, liderado pelo Professor Armando Porto, com três serviços de Medicina e três Unidades Funcionais. Em setembro de 2009, cabe ao Professor Nascimento Costa a direção do Serviço de Medicina Interna. Desde outubro de 2013 (em resultado do processo de fusão dos hospitais), o Professor Armando Carvalho dirige o Serviço de Medicina Interna A. Está feita, pois, a breve resenha deste serviço que tem como missão primordial, enquadrada na missão geral do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra e de acordo com o regulamento, a "prestação de cuidados de saúde de elevada qualidade e diferenciação" no âmbito de "um contexto de formação, ensino, investigação, conhecimento científico e inovação". Em destaque o facto deste serviço ser uma referência nacional e internacional em áreas consideradas como polos de excelência.
O serviço possui atualmente 138 camas e, tendo em conta a atividade clínica, realiza mais de 6000 internamentos por ano. Já na consulta externa, e segundo dados oficiais, o serviço de Medicina Interna A efetua mais de 22 mil consultas por ano. Possui ainda a valência de Hospital de Dia onde efetua mais de 400 sessões por ano.
A par da intensa atividade docente (Medicina do 6º Ano, Propedêutica Médica, Iniciação à Prática Médica, Nutrição Clínica, Geriatria, Medicina Geral e Familiar, Mestrado em Nutrição Clínica, Mestrado em Geriatria, Pós-graduação em Qualidade e Segurança em Cuidados de Saúde), o serviço possui, desde 1974, inúmeros doutorados, incluindo o atual Bastonário da Ordem dos Médicos, José Manuel Silva.
À data da visita do presidente da SRCOM, Carlos Cortes, a 13 de janeiro de 2016, o Serviço de Medicina Interna A possui em termos de recursos humanos: Médicos (4 assistentes graduados sénior; 22 assistentes e assistentes graduados; 1 especialista aguardando concurso + 6 em abril; 32+5 internos de Medicina Interna; 18 internos de especialidades médicas; 12 internos do Ano Comum), Enfermeiros (5 enfermeiros-chefe; 139 enfermeiros), Secretariado (13 assistentes técnicos); Auxiliares (43 assistentes operacionais). Destaque também para a colaboração com outros serviços, nomeadamente com o Serviço de Urgência, o de Transplantação Hepática, Transplantação Renal, Oftalmologia, Ortopedia, entre outros).

Partilhe nas redes:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Ordem dos Médicos