Estado da Saúde na Região Centro preocupa Presidente da Secção Regional do Centro

Estado da Saúde na Região Centro preocupa Presidente da Secção Regional do Centro

O Presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM), Dr. Carlos Cortes, e o Presidente da Administração Regional de Saúde do Centro, Dr. José Tereso, reuniram, pela primeira vez, no final do mês de Abril. Em cima da mesa estiveram os problemas que se têm vindo a sentir na Saúde da Região Centro.

A atual situação do Centro Hospitalar do Baixo Vouga (CHBV), o mau funcionamento do novo sistema de Prescrição Eletrónica de Medicamentos (PEM) e plano de reorganização da rede hospitalar foram alguns dos assuntos discutidos no encontro que decorreu nas instalações da ARS Centro, com a presença de representantes dos Conselhos Distritais da SRCOM.

Na opinião do Dr. Carlos Cortes, o novo programa informático introduzido pela tutela para a prescrição de medicamentos não está a funcionar "e é o maior fracasso informático da última década", prejudicando, desta forma, o normal funcionamento das consultas médicas.

A questão do Centro Hospitalar do Baixo Vouga (CHBV) foi também lembrada na reunião. O Presidente da Secção Regional do Centro da Ordem alertou para o impacto negativo da "instabilidade e do ambiente de grande pressão da administração sobre os médicos".

Quanto à proposta de reorganização da rede hospitalar, com fecho e fusões de serviços, o Presidente da SRCOM defendeu que "não serve os interesses das populações e põe em causa o ensino médico". A verificar-se tal situação, "os hospitais da Guarda, Castelo Branco e Covilhã, que servem a Universidade da Beira Interior, seriam desclassificados", afirmou.

No final de Maio, as duas entidades, SRCOM e ARSC voltam a encontrar-se para discutir outros assuntos que ficaram pendentes deste primeiro encontro que se revelou de grande pertinência.

Partilhe nas redes:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Ordem dos Médicos