18 de setembro 2020

Informação

Adriano Vaz Serra: um terapeuta sem vestes doutorais

O Centro de Responsabilidade Integrada (CRI) de Psiquiatria levou a cabo a primeira sessão do ciclo de 'Conferências Adriano Vaz Serra' através do qual se pretende divulgar a obra de um determinado autor e o seu contributo no desenvolvimento da Psiquiatria e Psicologia, integradas no plano de formação dirigido aos profissionais de Saúde Mental. As ‘Conferências Adriano Vaz Serra' pretendem, pois, homenagear o anterior Diretor de Serviço de Psiquiatria dos HUC (1973 - 2010) que contribuiu para a modernização da Psiquiatria em Coimbra e se revelou uma das figuras proeminentes da Psiquiatria em Portugal.

A primeira conferência, dedicada ao Psiquiatra e Cientista que lhe dá o nome, foi proferida pelo Prof. Doutor Carlos Braz Saraiva, na manhã do dia 18 de setembro, pelas 10h30, no Auditório dos CHUC, com entrada livre mas sujeita às regras de prevenção face à pandemia Covid-19.

"Foi meu professor e também lhe estou reconhecido" assumiu Tiago Santos, em representação do Bastonário e do presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM). "É uma honra estar associado a esta iniciativa", assumiu o médico psiquiatra e membro do Gabinete de Apoio ao Médico da SRCOM, na sessão de abertura. Também o diretor da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação, António Gomes Ferreira, enalteceu de forma sucinta o notável percurso e legado de uma das figuras mais proeminentes da Psiquiatria portuguesa e que esteve na génese da faculdade.

Coube ao professor Vaz Saraiva proferir a conferência inaugural deste ciclo dando conta da intensa atividade clínica, pedagógica e científica do Professor Adriano Vaz Serra. "Homem sensível", "prestígio e simpatia do Professor Adriano Vaz Serra", "os alunos podem reconhecê-lo como professor meticuloso", "era uma personalidade muito respeitada" foram alguns dos momentos de encómio proferidos pelo psiquiatra Carlos Braz Saraiva destacou.
Recorde-se que, Para além de ter ocupado durante mais de 30 anos o cargo de Professor Catedrático de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra e Diretor de Serviço de Psiquiatria dos Hospitais da Universidade de Coimbra, o Professor Doutor Adriano Vaz Serra fundou e presidiu a diversas organizações e sociedades científicas nas áreas da Psiquiatria, Psicologia e Psicoterapia. Foi ainda o primeiro Presidente da Direção do Colégio de Psiquiatria da Ordem dos Médicos e Presidiu à primeira Assembleia Regional da SRCOM. O homenageado foi também um cultor da História da Medicina.
Na viagem cronológica que Braz Saraiva empreendeu para definir tão notável personalidade, destacou Vaz Serra como "um terapeuta sem vestes doutorais" e a quem muitos devem "na década de 70 e 80, pois eram muito úteis as suas máquinas de calcular". "Tinha uma consciência social e humana intensa", referindo-se ao também consultor da OMS para a área do stress. "Era um homem de família e prezava os laços de amizade, (...) era um diretor de serviço solidário, convivia regularmente com os seus colaboradores", disse ainda Braz Saraiva, numa visão mais intimista do psiquiatra, docente e pensador.
Foi anfitrião desta sessão o professor Horácio Firmino, atual Diretor do Serviço de Psiquiatria no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra. Na mesa de honra desta sessão, para além do representante da Ordem dos Médicos estiveram também representantes da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra; e representante do Conselho de Administração do CHUC.