10 de maio 2019

Informação

Ordem dos Médicos visita Centro de Medicina e de Reabilitação da Região Centro

O presidente do Conselho Regional do Centro da Ordem dos Médicos, Carlos Cortes, e o presidente do Conselho Distrital de Coimbra, José Luís Pio de Abreu, visitaram hoje o Centro de Medicina e de Reabilitação da Região Centro (CMR), antigo Hospital Rovisco Pais, cujo Conselho Diretivo é presidido pela médica fisiatra Margarida Sizenando Cunha.

Esta unidade situada na Tocha possui atualmente 80 camas de reabilitação, divididas da seguinte forma: reabilitação geral de adultos e as lesões vertebro medulares, e ainda, uma Unidade de Cuidados Continuados de Convalescença especificamente direcionada para doentes Pós-Acidente Vascular Cerebral e Pós-Cirurgia do Aparelho Locomotor.

Recorde-se que Margarida Sizenando, para além de ter estado na génese deste centro na Tocha, esteve na comissão instaladora do Centro de Reabilitação do Norte e integrou, também, o Centro de Medicina e Reabilitação do Sul. Regressa à Tocha em setembro de 2016 após comissão de serviço de interesse público naquelas unidades do Norte e do Sul. É, desde julho de 2018, presidente do Conselho Diretivo e Diretora Clínica desta entidade do Serviço Nacional de Saúde.
O Centro é um museu vivo da história do Cuidar, uma vez que a prestação de cuidados de saúde de Reabilitação ocupa o espaço onde outrora existiu a Leprosaria Nacional, com a maioria dos edifícios da década de 40 do século XX, numa herdade de 140 hectares.

O Centro de Medicina de Reabilitação presta cuidados de saúde diferenciados à população residente na sua área de influência, o que correspondente aos seis distritos da Administração Regional Saúde do Centro: Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu.

 

Texto e Fotos ©SRCOM / Paula Carmo