31 de agosto 2019

Jornadas

Viseu | RefreshMed19 | Jornadas Médicas Dão-Lafões

A quinta edição das Jornadas Médicas Dão-Lafões decorrerá nos dias 6 e 7 de setembro, na Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu, estando ​as inscrições a decorrer até 31 de agosto e a submissão de resumos até 30 de junho. O programa, o regulamento de submissão de trabalhos e as informações mais relevantes podem ser consultados no site e página de facebook das jornadas. 

O evento é organizado por um grupo de internos de Medicina Geral e Familiar (MGF) da região Dão-Lafões desde 2015. Este é já um importante evento de discussão, formação e divulgação de temas importantes para a Medicina Geral e Familiar. A edição deste ano contará com a participação de insignes palestrantes, temas atrativos, workshops e apresentações de trabalhos científicos pelos participantes.

A formação contínua é fundamental em Medicina e, em particular, na Medicina Geral e Familiar que prima pela excelência na prestação de cuidados de saúde à população. As Jornadas Médicas Dão-Lafões - RefreshMed são, pois, fruto da ambição de um conjunto de internos de Medicina Geral e Familiar da região Dão-Lafões com o objetivo de criar um evento científico que represente um rejuvenescimento dos encontros médicos, com enfoque para a divulgação científica de qualidade e para a partilha de boas práticas clínicas.
As outras edições do RefreshMed superaram em larga escala as expectativas da organização, tanto em número de participantes como na satisfação dos mesmos pela qualidade do evento. 

A sessão de abertura está marcada para as 14h30 do dia 6 de setembro. 

 

 

 

 

Disclaimer:

Relembramos todos os médicos que, segundo o Regulamento n.º 707/2016, CAPÍTULO III, artigo 130º, as exceções para que os médicos possam aceitar ofertas por parte da indústria farmacêutica ou de outros fornecedores de dispositivos médicos ou de material clínico, ao abrigo do ponto 3, alínea “b” e “c”, são  a “(...) participação dos médicos em estágios, congressos ou outras reuniões científicas, que contribuam para o aperfeiçoamento profissional dos médicos, desde que acreditados pela Ordem, e mediante a apresentação de comprovativo documental idóneo da participação no evento” e “Fundos que possibilitem a organização por parte dos médicos de congressos, simpósios e outras ações de formação científica que contribuam reconhecidamente para o aperfeiçoamento profissional dos médicos, desde que acreditados pela Ordem”. Mais se informa que, pelo artigo 130º, ponto 4 “(...)a Ordem dos Médicos é a única entidade que procede à avaliação da idoneidade científica dos eventos.”, cuja atribuição de certificação é realizada pelo Conselho Nacional para Atribuição de Patrocínio Científico.