24 de setembro 2018

dia mundial

Dia Mundial do Colesterol Hereditário ou Hipercolesterolemia familiar assinala-se hoje

Assinala-se hoje, 24 de setembro, o Dia Mundial do Colesterol Hereditário ou Hipercolesterolemia familiar. Partilhamos informação da Associação Portuguesa de Hipercolesterolemia Familiar sobre a doença. A primeira mulher retratada com esta doença, no século XVI, foi La Gioconda/Mona Lisa, de Leonardo da Vinci (vide legenda).

A Doença do Colesterol Hereditário ou Hipercolesterolemia familiar (Familial Hypercholesterolemia, FH) é uma doença hereditária que se transmite de pais para filhos (autossómica dominante), caracterizada por depósitos de colesterol e LDL-C (mau colesterol) nas artérias (placas), na pele (xantelasmas), na córnea (arcus senil), nos tendões (xantomas) desde a vida fetal ou desde criança, e, é uma das causas de aterosclerose precoce e silenciosa na população jovem.

É uma doença que pode envolver qualquer família em que existam:
- indivíduos com antecedentes pessoais de enfarte agudo do miocárdio (EAM), acidente vascular cerebral (AVC), doença arterial periférica (DAP) (retina, carotídea, ilíaca, femoral) , aneurisma da aorta(<55 anos (A) para os ♂ e <60 A para as ♀);
- história familiar de EAM, AVC, DAP, aneurismas, mortes súbitas prematuras (55 A para ♂ e <60A para as ♀);
- casais com perdas fetais;
- mulheres com doenças na gravidez, atraso de crescimento intra-uterino do feto e/ou patologias da placenta;
- crianças, adolescentes e adultos com valores elevados de colesterol e LDL-C, e HDL-C (bom colesterol) baixos.

A nossa missão, como Médica(o)s, Enfermeira(o)s, Farmacêutica(o)s, Nutricionistas especializada(o)s e experientes, é informar, identificar, prevenir, tratar, ajudar e respeitar a dignidade das pessoas e das famílias em risco das doença cardio-cerebro-vascular hereditárias.

Mais informações poderá consultar o site https://www.fhportugal.pt

 

Legenda da fotografia

La Gioconda/Mona Lisa, Leonardo da Vinci
Lisa Gherardini foi a primeira mulher retratada, no século XVI, com sinais clínicos de FH: xantelasma no canto interno inferior da pálpebra superior esquerda, e xantomas no dorso da mão e no 2º dedo da mão direita (setas no canto inferior esquerdo).